Quem não gosta de fazer compras com aquele desconto que faz a diferença no bolso? Desde 2010, o consumidor brasileiro tem uma data reservada para economizar. A Black Friday chegou aqui há pouco tempo, mas já conquistou um lugar de peso no calendário. Todo final de novembro, lojas anunciam ofertas e promoções aos quatro ventos, seguindo a tradição americana. De acordo com uma pesquisa da EBit, 71% dos brasileiros já compraram na Black Friday e, em 2017, 68% pretendem entrar na onda. A data sazonal já é a segunda mais importante para o varejo, atrás apenas do natal.

Estamos a menos de dois meses da Black Friday, e já é preciso se planejar para a data. Antes de mais nada, deve-se levar em conta o que procura o consumidor. Até recentemente, os fatores de maior importância para fechar a compra eram o preço e as condições de parcelamento. Esse ano, perdendo somente para o valor, as pessoas afirmam levar em consideração a confiabilidade da loja, e ainda relatam um tempo de pesquisa de 15 dias antes da data da compra.

Toda essa informação precisa ser considerada no momento de criar estratégias para divulgar promoções da Black Friday. Pensar com antecedência e estar em todos os meios possíveis farão toda a diferença para o fechamento de vendas. Banners no site, e-mails marketing e campanhas online farão o público gravar a data e as suas promoções. Também é um período que os usuários tendem a testar novas empresas, se elas apresentarem os critérios procurados. A Black Friday é o momento ideal para apostar alto nas mídias.